Do Quickly ao Ubuntu SDK.

Como eu já havia falado no meu artigo anterior, o Ubuntu acabou substituindo a ferramenta de desenvolvimento "Quickly", e lançou a nova ferramenta chamada "ubuntu-sdk". A instalação é fácil e o uso, pelo menos para abrir o app, é também muito mais simples que o Quickly. A nova ferramenta permite, por padrão, desenvolver app em QML e HTML5, além do já famoso e confiável c++. Nesse artigo eu vou contar um pouco da minha experiência de desinstalar a ferramenta de desenvolvimento antiga e a instalação da nova.



Dê adeus ao Glade.

Quando eu estava usando o Ubuntu 12.04 LTS, eu instalei o "Quickly", agora teria que remove-lo. O comando que eu usei para remover o Quickly foi o seguinte:

$ sudo aptitude remove quickly quickly-community-templates-common quickly-ubuntu-template quickly-unity-lens-template

Depois, para garantir a remoção de todos os vestígios, eu usei o "purge".


$ sudo aptitude purge quickly quickly-community-templates-common quickly-ubuntu-template quickly-unity-lens-template

Outra ferramenta de desenvolvimento que eu instalei, foi o QTcreator. Essa ferramenta eu instalei pela "central de programas", então desinstalei usando-o novamente. É preciso procurar por QT Creator, QT Design e QT Linguist e desinstalar um por um, você não encontrará dificuldades. A razão para você desinstalar o QTcreator é porque o ubuntu-sdk agora irá usá-lo como IDE para a programação, então é bom evitar qualquer interferência.


Eu também tenho instalado o Ruby on Rails desde a versão anterior do Ubuntu LTS, mas eu nem me preocupei com esse framework já que a distinção se manteve e eu presumir que não haveria interferência entre eles (acabo de me lembrar de que eu preciso averiguar o repositório do Ruby).

Tudo pronto, agora é só seguir a documentação oficial do "ubuntu developers" para instalar o ubuntu-sdk, é muito fácil. Espero que esse artigo tenha sido útil.

Comentários

Postagens mais visitadas