Bitcoin e Carteira Digital de Alckmin. T.I. a beira do retrocesso.

O desenvolvimento na área de TI corre o risco de seguir um caminho sombrio e cheio de retrocessos. Nas mãos erradas, seria quase como ver os servidores formatarem seus HD com sistema GNU/Linux e Unix, e instalar o Windows Server em todos eles. Um desastre também para o conhecimento e evolução constantes. Nada contra a Microsoft, eu aqui e ela lá, mas vamos combinar né.

As ações do Bitcoin continuam a cair, mas com exceção das medidas adotadas pela China, todas as quedas foram motivadas pela falta de competência do grupo responsável por negociar a moeda, os Liberais. Mais e mais noticias de roubo dos Bitcoins e algumas falhas de vulnerabilidades aparecem. Depois de a muito serem poupados pelo crime organizado por dá a eles muito dinheiro, agora sofrem os ataques por serem o elo mais fraco.

Enquanto isso, Geraldo Alckmin e seu governo, conhecido por permitir o maior assalto aos cofres do estado no conhecido "cartel de metrô", criou uma carteira de identidade digitalizada. Com sua impressão digital em um banco de dados e QRcody, ele promete maior segurança e agilidade nas investigações criminais. Será que depois de implantada a nova carteira de identidade, o governador finalmente vai conseguir colocar os chefes do cartel do metro na cadeia? Lembrando que o governo PSDB em São Paulo, incluindo Geraldo Alckmin e José Serra, é conhecido como o governo capaz de deixar o estado mais rico da America latina, aos pés do crime organizado. Por fraqueza, pura incapacidade de usar as ferramentas que possue para inibir permanentemente o crime organizado que atua hoje em São Paulo.

E isso fica ainda mais "interessante". "A criação da nova Central de Expedição de Carteiras de Identidade Digitalizadas é fruto de um contrato de 27 meses com uma empresa terceirizada no valor de R$ 79 milhões." Quem não se lembra da empresa terceirizada contratada por FHC responsável pela manutenção das plataformas da Petrobras? Agora ficou assustado? http://www.ssp.sp.gov.br/noticia/lenoticia.aspx?id=33409

Plataforma da Petrobras (P-36) que afundou, virou notícia no mundo todo.
Nesse exato momento, os empresário estão gritando em uma inveja incontrolável pela extraordinária gestão de Fernando Haddad como prefeito de São Paulo. Estão dizendo coisas como "pagamos muitos impostos" ou "onde estão os planos para a mobilidade". Como o próprio prefeito falou e eu concordo, são elites se apequenando.

O ponto a que eu quero chegar é o seguinte. A elite é que são os vagabundos aqui e não o povo, os empresários que sonegam impostos e que pagam propina são os vagabundos e não os políticos, ao menos não os do PT. Foram os capitalistas que levaram o mundo inteiro para a crise, por falta de controle e não os socialistas. Mas por serem brancos, super ricos e terem a imagem de vagabundos atribuídas a outras pessoas, eles terminam sendo poupados. Deixar todo o desenvolvimento na área de TI para um bando de incompetentes é quase um suicídio econômico. Melhor pensar bem antes de dá apoio ao liberais ou capitalistas.


Comentários

Postagens mais visitadas