Dash do Unity no Ubuntu não abre arquivos no Ubuntu

-->
Conforme eu foi usando o ambiente gráfico Unity, eu fui me acostumando com essa nova interface. Nem preciso dizer o quão distante do Windows eu fiquei, basta dizer que, ao usar o Windows, penso que não vou mais me sentir a vontade usando-o. Pra mim, o Windows em qualquer versão é ultrapassado, mesmo que hoje ele já esteja bastante parecido com o Linux em seu sistema de segurança e de funcionalidade. Windows é passado.

O dash do Unity e em verde o botão para chamá-lo.


A confiabilidade do Ubuntu/Unity vem se confirmando, mas ainda há seus problemas, e um deles é justamente um de difícil identificação. Eu passei meses usando o novo Ubuntu 12.04.1 até nota que o dash do Unity não abria meus arquivos. Quando notei, eu me perguntei porque levei tanto tempo pra perceber isso. Talvez seja por não ter muito usuários do Unity quem sabe.

Ao pesquisar na internet, logo encontrei a solução. Um usuário havia dito que o dash do Unity não consegue abrir um arquivo cuja a pasta esteja nomeada com uma letra acentuada. Apertei a “supertecla” e tentei abrir vários arquivos e o resultado foi que, apenas as músicas e os vídeos eu não conseguia abrir, perceberam? A pasta “música” e a pasta “vídeo” são acentuadas.

Dois detalhes curiosos é que o artigo era em inglês (Idioma que não usa acento) e que as pastas acentuadas são criadas no momento da instalação. Essa situação apenas dificulta o suporte técnico independente, apesar de eu achar a solução bem rápido. Para resolver basta apenas renomear as pastas e arquivos acentuados e você poderá abri-los normalmente pelo dash.

É estranho esse defeito e mais estranho ainda que não tenha sido consertado. Será que ninguém ainda falou com o suporte técnico da Canonical a respeito disso. Em qualquer caso, a solução está ai, e pra mim é suficiente.

Comentários

Postagens mais visitadas