Configurando a rede manualmente no Gobolinux.

Decidir escrever esse artigo porque, quando rodei o live CD desse incrível sistema operacional, eu percebi que o sistema não configurava a rede via DHCP de padrão. Ao navegar bastante na internet eu não encontrei nenhum artigo que mostrasse como fazer isso, e o GoboLinux tem aquela nova estrutura de diretórios que facilita bastante a sua vida, mas também requer um certo conhecimento para encontrar os famosos arquivos de configuração na nova estrutura de diretórios.

Área de trabalho.

O arquivo de configuração da rede é /System/Settings/NetworkOptions, sem extensão mesmo. Mas o “O” de “Options” talvez seja “0” (zero), aperte “TAB” em caso de dúvida. Edite o arquivo de configuração de acordo com sua necessidade (no meu caso eu apaguei o "#" das linhas de interface e DHCP), do mesmo jeito que qualquer GNU/Linux. Logo em seguida basta apenas reiniciar o serviço de rede, o arquivo está localizado em um lugar bem intuitivo, mas sem experiência fica mais complicado. Para reiniciar digite o comando /Programs/Netkit-Base/0.17/sbin/inetd restart. Observe as figuras abaixo:

Arquivo de configuração

Conteúdo do arquivo de configuração.
Aplicando as configurações.

Como o sistema não foi atualizado a bastante tempo, eu não conseguir permissão para escrita na partição do Windows 7, talvez porque ele não seja totalmente compatível ou porque eu estivesse rodando direto do CD, isso eu não sei. Outra configuração que foi necessária foi a do som, que pode ser feito normalmente usando os comandos alsaconf, alsamixer e o alsactl store. Aproveitando para dizer que o "mplayer” já vem instalado no sistema e você já pode reproduzir seu arquivos multimídia sem problemas.

mplayer rodando no GoboLinux


Pela facilidade em resolver problemas, o Gobolinux é perfeitamente funcional e já pode ser usado para diversas situações, mas isso depende dos programas que estiverem disponíveis para as bibliotecas que o sistema estiver utilizando. Complicado né? Porém muito fácil pra quem já esta nesse mundo a algum tempo.

Obs: O GoboLinux é uma distribuição GNU/Linux feita do zero, ele não é baseado em Debian, Slackware, Red Hat ou Gentoo como outros sistemas. Talvez você já tenha visto outros sistemas com a mesma configuração ou talvez não. Para saber mais, acesse o site oficial do sistema. 

Comentários

Postagens mais visitadas